Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

em Folhas Caídas e Iluminadas num Luar de Outono...

mudem-me os Deuses os Sonhos - espero que não! - mas não o Dom de Sonhar…

em Folhas Caídas e Iluminadas num Luar de Outono...

mudem-me os Deuses os Sonhos - espero que não! - mas não o Dom de Sonhar…

11.Fev.17

Os Outros...

    O escritor é um homem que, mais do que qualquer outro, tem dificuldade para escrever.

    Não sou o autor destas palavras… Contudo, acredito nelas com todo o ardor meu coração! As dificuldades podem ser tão diversas, e tantas como os grãos de areia da maior praia que exista neste mundo! É verdade que, se olhássemos com atenção para o que foi escrito pelos melhores escritores, encontraríamos muitas coisas em comum, em todos eles… Amor, ou a falta dele… Guerras! Lutas internas, dúvidas, desejos e ódios contra outras pessoas, contra o mundo, e até contra eles próprios…

    No entanto, em todos eles existem também muitas diferenças… E quero apenas falar de uma… A coragem de todos eles, cada um com a sua própria voz, em ir buscar ao seu coração, o que havia de mais verdadeiro neles próprios! O que já existia dentro deles…

    Os melhores escritores,- e aqui, por muita ignorância da minha parte, penso apenas nos escritores que mais gosto -, não só vivem em mim, no meu dia-a-dia, por terem dedicado a sua vida a trabalhar as suas palavras, mas também porque escreveram-nas com o seu próprio sangue!

     E tudo isso para quê? Talvez para afastarem de nós o medo das trevas, das nossas próprias fraquezas… Ou talvez, para oferecerem-nos alguma luz, para que em conjunto, todos nós possamos caminhar um pouco mais seguros, neste mundo tão pesado… Ora, quem sabe?! Talvez esses mesmos escritores, também eles enquanto viviam, sentiram medo, sentiram o peso do mundo… E as suas histórias, mais ou menos imaginadas, foi simplesmente a melhor forma que conseguiram encontrar, para partilharem com todos nós, o que neles próprios vivia…